2 de ago de 2011

Sorrow



Angústia

O doce cheiro de uma enorme angústia paira no ar
Penas de fumaça ascendem e fundem-se no céu plúmbeo
Um homem encontra-se em sonhos de campos verdes e rios
Mas acorda em uma manhã sem razão para despertar

Ele é assombrado pela memória de um paraíso perdido
Em sua juventude ou um sonho, ele não pode ser preciso
Ele está acorrentado eternamente a um mundo que parte
Não é o bastante, não é o bastante
 
Composição: David Gilmour

Nenhum comentário: